Cátia Rodrigues

Cantinho das Divas – Fit Mom Edite Correia

Guerreiras mega poderosas! 😀

Como prometido, apresento-vos em primeira mão o Cantinho das Divas. O Cantinho das Divas é um espaço de entrevistas a mulheres fit inspiradoras. Mulheres que deram a volta por cima, que se trabalharam, que mudaram o que precisavam de mudar na alimentação, treino, estilo de vida e iniciaram o seu percurso em busca da sua melhor versão!

Como não podia deixar de ser, só podia estrear o Cantinho das Divas com uma das maiores transformações físicas que tive o privilégio de acompanhar desde o início: a da minha cunhada, Edite.

Quando a conheci, ela não treinava, não estava em forma e não me recordo de ter cuidados especiais com a alimentação. E foi incrível assistir ao seu desenvolvimento e crescimento como atleta e como mulher, desde que foi mãe pela segunda vez.

Oiço muitas mulheres usarem os filhos como bengala para não se cuidarem, não treinarem, não praticarem desporto, para não terem tempo para fazerem uma alimentação balanceada. E isso está tudo bem, se for isso que quiserem para a sua vida e não tiverem objetivos em termos de aspeto físico e forma corporal.

No caso da Edite, ter tido o segundo filho, a minha sobrinha linda de morrer, funcionou como alavanca para começar a cuidar de si. Como mulher, como atleta e, sobretudo, como mulher que gosta de empoderar outras mulheres, acho que o que faz diariamente, e com gosto e não como sacrifício, é uma grande prova de amor-próprio, porque uma mulher que é mãe de 2 filhos e que se cuida, tem sempre o melhor de si para dar à sua família!

Leiam a entrevista que lhe fiz, abaixo.

Sempre foste o tipo de pessoa que pratica desporto?
Desde criança que pratico desporto, já fiz várias modalidades mas nada sério 😆

Quando despertaste para a prática de desporto? Houve alguma pessoa ou situação que te inspirou ou fez sentir urgência de mudar o teu estilo de vida e alimentação?
Foi após as gravidezes que senti necessidade de mudar, não reconhecia aquele corpo que via no espelho, não me sentia bem comigo mesma… Foi então que tomei a grande decisão de me inscrever no ginásio e de mudar os meus hábitos alimentares.

inicialmente o meu objetivo era diminuir a percentagem de massa gorda, que era bastante elevada, e tonificar o corpo, iniciei assim nos treinos femininos, pois na altura era onde me sentia mais à vontade, 5 vezes por semana. Eram aulas muito variadas – uma combinação de exercícios aeróbicos e de força muscular – pois na altura era onde me sentia mais à vontade. Não foi tarefa fácil, mas aos poucos os resultados foram aparecendo e isso dava-me mais força para continuar.

 

Qual é o desporto que praticas para estares em forma?

Hoje em dia sou apaixonada pelo “ferro”.  Amo musculação, sobretudo fazer treino de hipertrofia. Não tenho desejo de competir ou de subir a um palco, mas adorava ter um corpo body fitness. Isso, sim, é um sonho que tenho e acredito que seja possível de concretizar, pois nós mulheres somos mais forte do que julgamos.

Sendo mãe de 2 filhos, podias arranjar mil e uma desculpas para não teres tempo de cuidar de ti. O que é que te motiva a ir treinar diariamente? E como é que geres o teu dia para teres tempo para ir treinar?
Ser uma mãe “fit” não é fácil. É preciso ter muita organização, a nível profissional, disposição no ginásio e em casa ter apoio familiar é para mim muito importante. Muitos acham que é impossível conciliar uma rotina de treinos e de alimentação saudável com as tarefas de casa, mas eu sou a prova que não é impossível. É possível, sim, mesmo com tantas obrigações, aos 38 anos, ser mais saudável e feliz.

Que mudança mais gostaste de sentir no teu corpo desde que começaste a treinar e a ter cuidados com a alimentação e a suplementares-te diariamente?

Nem sempre tive um estilo de vida saudável. Durante anos as minhas escolhas alimentares não foram as mais saudáveis… Ao tornar-me mãe pela segunda vez, senti uma grande mudança no meu corpo, tornou se flácido e com grande acumulação de gordura localizada e isso começou me a incomodar Sentia me cansada tanto a nível fico como psicológico.
Foi então que decidi ter uma vida mais ativa e melhorar a minha auto-estima. Ao começar a treinar, inicialmente não alterei os meus hábitos alimentares e logo percebi que não estava a ter os resultados que desejava. Então, resolvi mudar a forma de comer. Iniciei aos poucos o que se chama de reeducação alimentar, Foi nesta altura que me deram a conhecer a nutrição Herbalife e com esta encontrei uma forma de me alimentar e nutrir o meu organismo. Comecei com o pequeno almoço ideal e hoje em dia uso tb a linha desportiva, me faz sentir um rendimento extraordinário nos meus treinos.

Qual é a mensagem que gostarias de deixar a todas as mães que se querem tornar na sua melhor versão? Por onde achas que devem começar esse processo?

Não deixe para amanhã e não culpe a falta de tempo para começar. Acredite no seu potencial, procure motivar se todos os dia, mantenha a sua auto-estima sempre lá bemmmm em cima. Nós somos poderosíssimas!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.