Cátia Rodrigues

5 Razões para começares JÁ a praticar Pilates (a 3ª é a minha favorita)

São inúmeros os benefícios do Método Pilates para a nossa Saúde, quer na parte estética, quer na parte de reabilitação e alívio de dores, sendo uma atividade física cada vez mais recomendada pelos médicos, para combater diversas patologias e fortalecer a coluna.

Na verdade, o facto de não ter qualquer contra-indicação para a saúde, de ser acessível para qualquer pessoa independentemente da idade ou historial de atividade física que tenha – por existirem progressões nos exercícios – e de o instrutor estar lá para corrigir posturas sempre que necessário, em todos os exercícios, tornam o Método Pilates numa atividade física perfeitamente segura para qualquer pessoa, com todos os benefícios que proporciona.

Decidi por isso, neste artigo, destacar alguns dos benefícios do Método Pilates, que irei explicar de seguida:

1 – Melhora a postura

A má postura é uma das principais causas de dor nas costas, independente do género ou idade. Além de proporcionar um enorme desconforto e impedir uma boa qualidade de vida, essa condição pode evoluir para patologias mais graves, nomeadamente na região lombar e cervical, como hérnias discais. Patologias como hiperlordose ou hipercifose podem ser tratadas com o Pilates, uma vez que este Método promove exercícios de reabilitação que atuam precisamente nessas áreas.

Os desequilíbrios posturais geram tensões em tendões e sobrecarga em articulações, que podem gerar processos inflamatórios, como tendinites e bursites, que causam dor e desconforto. Um corpo com alinhamento postural adequado está em equilíbrio, observando-se também harmonia na distribuição de tensões.

O Pilates dispõe de diversos exercícios específicos para fortalecer o centro de força, ou  Power House, comummente chamado de “core” noutras modalidades. O fortalecimento do centro de força é fundamental e de extrema importância para manter a coluna ereta, para evitar os problemas mencionados, e muitos outros que podem surgir em sequência de uma negligência diária e frequente com a postura.

O Método Pilates ajuda restaurar o alinhamento postural, fortalecer os músculos e  melhorar a mobilidade da coluna vertebral, ao trabalhar a musculatura profunda e superficial.

2 – Melhora a flexibilidade da coluna

A maioria das pessoas, quando são jovens, não se preocupa muito com esta questão básica de saúde. No entanto, se não cuidarmos bem de nós e da nossa frágil coluna – que faz parte da nossa base de locomoção, de movimento – mais à frente na nossa vida iremos sofrer as consequências por não lhe termos dar a importância que efetivamente tem na nossa boa saúde.

Um dos sintomas que estão associados à velhice é a diminuição progressiva da mobilidade da coluna. Com certeza conheces alguém que quando se levanta da cama tem uma enorme dificuldade em se mexer ou que, no decorrer do dia, faz um movimento mais brusco ou precisa de apanhar algo do chão e se contorce de dores nas costas. Isto acontece porque a sua coluna tem pouca mobilidade, perdeu flexibilidade, logo os movimentos que necessita de fazer, mesmo que aparentem ser fáceis e básicos, podem-se tornar uma verdadeira tortura.

Infelizmente, sinto que a maioria das pessoas não está sensibilizada para esta questão e causa-me alguma tristeza que muitas, por desconhecimento, acabem por tapar o problema com medicamentos que lhes acalmem a dor no momento, mas depois não tomem a decisão de procurarem ajuda para tratar a origem do problema. O Método Pilates é a melhor opção para prevenir a falta de mobilidade da coluna, para a tornarmos mais flexivel e com isto mantermos uma boa qualidade de vida em qualquer idade. Eu acredito que podemos envelhecer com saúde, energia e alegria de viver e que não temos necessariamente que acabar fracos, deprimidos e/ou dependentes dos outros. Aprendamos a cuidar bem de nós em primeiro lugar, é o que penso e pratico na minha vida.

3 – Oh… That Pilates Body!

O Método Pilates trabalha vários músculos do corpo em simultâneo, dos mais superficiais aos mais profundos. Por estarem ativados durante toda a aula, os músculos do abdómen – sobretudo o transverso abdominal, que se trabalha com a respiração adequada – são dos principais beneficiados, proporcionando um aspeto progressivamente mais tonificado nessa área.

Praticar Pilates com frequência ajuda a tonificar todo o corpo e a proporciona uma maior consciência corporal. Não há nada que nos faça sentir mais sexy do que sentirmo-nos bem na nossa pele. E quem se sente mais auto-confiante e tem uma auto-estima saudável, tem uma melhor disposição e energia para viver o dia-a-dia. Termos um maior controlo sobre o nosso corpo e noção dos nosso limites, leva-nos também a acreditar mais nas nossas capacidades físicas.

4 – Ensina a controlar a respiração

Observem um bebé a respirar… Já repararam como os bebés e mesmo as crianças respiram de forma profunda? Respirar de forma profunda, enchendo bem os pulmões de ar, ajuda-nos a manter uma boa saúde. No entanto, é muito comum, À medida que nos tornamos adultos, que a nossa respiração se torne mais curta e até mesmo acelerada. Isso impede-nos, por um lado, de explorarmos o potencial da nossa capacidade pulmonar, por outro cansa-nos mais facilmente, até mesmo em atividades corriqueiras, do dia-a-dia. Tenho a certeza que conhecem alguém que dá alguns passos e fica logo ofegante facilmente… Provavelmente essa pessoa terá excesso de peso, e é muito provável também que essa pessoa não sabia respirar de forma adequada e boa para a sua saúde.

Ora, o Método Pilates reensina a respirar de forma correta. Respirar de forma adequada, trabalha gradativamente a respiração sincronizada com os exercícios, garantindo uma oxigenação adequada para todos os tecidos corporais, inclusive os tendões.O Pilates dá um grande ênfase à respiração e é o fator primordial no início do movimento. Neste Método tão completo para manter uma saúde em perfeitas condições, a respiração tem sempre que estar sincronizada com a realização dos movimentos em cada exercício. E respirar de forma adequada, trabalha gradativamente a respiração sincronizada com os exercícios, garantindo uma oxigenação adequada para todos os tecidos corporais, inclusive os tendões.

Em suma, o Método Pilates ensina-nos a estar presente e consciente da nossa respiração em cada movimento, sendo também considerada uma atividade benéfica para a conexão entre corpo e mente.

5 – Contribui para uma melhor gestão da ansiedade

Pelo fato de o Método exigir concentração e controlo de movimentos na execução de cada exercício, pessoas com problemas de ansiedade têm aqui um excelente aliado para adquirirem mais tranquilidade e bem-estar.

A Contrologia é responsável pela harmonia entre o corpo e o equilíbrio da mente, ajudando em casos de stresse, fazendo com que a mente se acalme durante o período de aula.

Dado que os exercícios do Pilates trabalham alinhamento da postura, equilíbrio e força, o organismo liberta endorfinas, contribuindo assim para o relaxamento do corpo.

Outros artigos que talvez te interessem:

3 crenças limitadoras que te estão a impedir de estar em forma

Descobre os 7 erros que estás a fazer e te estão a impedir de ser Fit

A verdade que nunca ninguém te contou sobre como controlar o apetite

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.