Cátia Pinto Rodrigues

Low Pressure Fitness – O que é?

Low Pressure Fitness é um sistema de treino vanguardista baseado na técnica hipopressiva (e depressiva), no stretching miofascial, na reeducação postural e respiratória, na neurodinâmica com a metodologia didáctica mais avançada na neuro-educação.

➡️ O tradicional treino abdominal tem vindo a ser questionado pelo seu impacto negativo na zona pélvico-lombar, pelo que, por questões funcionais e estruturais, é cada vez mais substituído por treino hipopressivo e exercícios isométricos. No Low Pressure Fitness, aposta-se em exercícios que pressionam o abdómen sem movimentar a coluna. Por ter essa característica, ele é muito indicado para quem tem dores nas costas e não consegue, nem é recomendável, fazer os abdominais tradicionais.

➡️ A pressão intra-abdominal está muito relacionada com a musculatura torácica, pélvica, abdominal e espinal. O treino hipopressivo é uma alternativa de treino global e saudável focado em melhorar o sistema de estabilização central, sem causar excessos de pressão desnecessários e prejudiciais.

➡️ A técnica respiratória dos hipopressivos remonta à técnica respiratória milenar de yoga denominada Uddiyana Bandha. Os praticantes de yoga realizam-na há milhares de anos com diversas finalidades como a energética, a mobilização visceral e o fortalecimento muscular respiratório.

➡️ Uddiyana significa elevar-se, e Bandha contração. Ou seja, “contração elevada”. Esta técnica foi bastante popularizada e aplicada por grandes culturistas na década de 80 e, posteriormente, explodiu nos anos 90, devido à sua utilização na reabilitação da região pélvica e pós-partos, em centros de fisioterapia.
Em 2006 surgiu, pelas mãos do espanhol, Piti Pinsach a técnica hipopressiva aplicada ao fitness e à prevenção. Após alguns anos e muitos estudos realizados juntamente com a Doutora Tamara Rial, o conceito hipopressivo evoluiu e passou a designar-se de treino Low Pressure Fitness.

➡️ Embora não queime gordura, nem ajude a emagrecer, as suas técnicas melhoram o tónus muscular e regulam a pressão intra-arterial, fazendo com que a circunferência abdominal diminua em poucas sessões. Os benefícios, no entanto, vão muito além dos estéticos.

Segue-me nas redes sociais! 🙂
error1
Tweet 20
fb-share-icon20

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error

Gostaste deste blog? Partilha com quem mais gostas :)

RSS
Follow by Email
Instagram
WhatsApp