Cátia Pinto Rodrigues

Diz-me como dormes… e eu te direi porque acordas com dores.

O sono é um tema do qual pouco se fala numa sociedade tão sedenta de produtividade, fama, sucesso, atulhada de inúmeras tarefas familiares, profissionais e sociais. Quase parece até que nos esquecemos que precisamos de repouso, relegando o sono – e a qualidade do sono – para último plano, sendo muito comuns os casos de pessoas que nem sete horas de repouso conseguem cumprir diariamente, o que pode contribuir para o surgimento de diversos problemas de saúde.Afinal de contas, convém não esquecer que é durante o sono que o nosso corpo e mente descansam e o nosso organismo trabalha para manter o equilíbrio do sistema imunológico, endócrino, neurológico e de diversas outras funções. Por isso, o sono é tão importante para nossa saúde.

Tão fundamental quanto cumprir rituais diários de sono, como ter um horário regular para se ir dormir e a duração do sono em si, é a posição em que se dorme. São muitas as pessoas que se queixam de acordar com torcicolos, com dores nos ombros, no pescoço, nas costas, quando na maioria das vezes ignoram que existem posições que favorecem mais – ou não – a qualidade do sono. De certeza que já te aconteceu alguma das situações que referi, ou conheces alguém que se tenha queixado de acordar com dores, desconforto ou até irritabilidade causada por uma noite mal dormida.

Antes de nos debruçarmos sobre as posições de dormir, vamos começar pelo mais básico: o colchão. Um bom colchão não deve suave ao ponto do corpo se “afundar” nele e também não deve ser muito rijo. Ou seja, um bom colchão deve acompanhar a curvatura natural da colunae deve ter firmeza suficiente para suportar todas as zonas do corpo de uma forma confortável. Ah, e atenção, porque os colchões têm data de validade e deves trocar de colchão, sensivelmente, a cada 8 anos ou até antes disso, se verificares algum sinal de desgaste dos materiais.

Em relação à escolha da almofada, é verdade que existem várias opções disponíveis no mercado.No entanto, são aconselhadas almofadas mais firmes e compactas e – isto é fundamental – a altura da almofada deve permitir que a cabeça se mantenha alinhada com o resto do corpo, proporcionando maior conforto na zona da cervical. Uma almofada muito alta vai criar tensão no pescoço e trazer um grande desequilíbrio em termos daquilo que é uma postura natural e correta, podendo causar torcicolos e dores na cervical.

Em que posição ou posições habitualmente dormes?

De todas as posições para dormir, a pior parece ser mesmo de barriga para baixo. Nesta posição, exercemos pressão sobre o estômago e o peito, impedindo uma respiração fluida durante o sono, além de que, ao pressionarmos o rosto contra almofada, estamos a contribuir para o desenvolvimento de rugas, aumentando também a probabilidade de torcicolos devido à posição do pescoço.

Dormir de barriga para cima ou de lado são as posições para dormir mais recomendáveis para se ter uma boa noite de sono. Mas vamos por partes…

Na posição de barriga para cima, a coluna encontra-se na sua posição natural e relaxada e dormir nessa posição ajuda a evitar a acidez e o refluxo de acidez. No entanto, nem toda a gente consegue dormir de barriga para cima, sendo que, para quem tem tendência para ressonar, esta não é a melhor opção, pois dificulta a passagem de ar. Dormir de barriga para cima é benéfico para quem sofre de hérnias discais, sendo aconselhado que se coloque uma pequena almofada por baixo dos joelhos para ajudar a aliviar a pressão na zona lombar. Para um maior bem-estar, o recurso a uma almofada para se colocar na zona lombar também pode ser equacionado.

Dormir de lado é uma ótima posição para a generalidade das pessoas, incluindo as grávidas na fase final da gestação, para quem sofre de insónias e apneia do sono – porque facilita a respiração – e também para indivíduos que sofrem de hérnias discais. Recomenda-se, para um maior conforto, no caso das grávidas e de quem padece de hérnias discais, o recurso a uma pequena almofada colocada entre os joelhos, para ajudar a aliviar a pressão na lombar, aumentando a qualidade e o tempo de sono.

Idealmente estas são as posições que deveríamos adotar para dormir:

Segue-me nas redes sociais! 🙂
error1
Tweet 20
fb-share-icon20

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error

Gostaste deste blog? Partilha com quem mais gostas :)

RSS
Follow by Email
Instagram
WhatsApp